Nova “fashionista”?

30 maio, 2008

Engraçado que depois que emagreci 9 kg, comecei a ficar mais ligada em moda. Sempre fui e ainda sou contra “ditadura da beleza”, não acho mesmo que só as modelos ou atrizes manequins 34 ou 36 são lindas. Hoje tenho que certeza ninguém, mas ninguém mesmo precisa se enquadrar em quaisquer esteriótipos para ser feliz, até porque ninguém é perfeita, sei que isso é óbvio, mas acredite, só agora aos 27, quase 28 anos, me convenci disso.

No mundo real, onde as celulites não são apagadas com photoshop e a maioria de nós não pode comprar maquiagens caríssimas, ficar de bem com seu corpo, apesar dos defeitinhos, é ter bem-estar. Não tenho conhecimento técnico, nem teórico de moda, mas supreendentemente, comecei a acessar blogs ligados ao tema como o Oficina de Estilo, o Hoje vou assim.

Estou me lembrando que sempre gostei de bolsas e sapatos, embora tenha dificuldade de encontrar sapatos confortáveis para meus pezinhos 35/36, tenho vários, só me faltava o gosto pelas roupa mais fashion, talvez porque era difícil encontrar roupas manequim 44 que ficassem bem, que não parecessem de grávida ou de velha. Não acompanhava semanas da moda, eventos, defiles, e por isso acho que nunca serei uma fashion victim.

Ainda tenho um caminho a percorrer, mais uns kilinhos para eliminar, não estou no MEU peso ideal (o meu, aquele em que me sinto feliz, não o dos endocrinologistas). Tenho biotipo bem brasileiro, que aliás meu namorado adora: baixinha, meio bochechuda, coxas grossas, quadril largo, sei que nunca vou serei manequim 36, talvez nem 38 e pra ser muito sincera, isso não me incomoda nem um pouco, 42 já deve me servir, se chegar ao 40 será excelente. Bjokas

Lila


Moda para gente como a gente?

7 maio, 2008

E a edição on line da revista Cláudia, resolveu num ato de “bondade” extrema, apresentar moda para “gente como a gente”.
Mas será que só sou eu, ou mais alguém acha que a maioria das roupas desse ensaio aparenta engordar e não emagrecer?
Não sou nenhuma expert em moda, mas na minha humilde opinião, cinto chama muita atenção para cintura, o que não deve ser indicado para quem veste um manequim 44/46.
Enfim, confiram o ensaio, e vejam por si mesmas:

Moda chique e sexy para gente como a gente, que veste 44 e 46

Lila