Música se ouvia num Walkman

1 julho, 2009

0918254A cerca de 30 anos a Sony lançava  o consagrado Walkman (Avô do iPod). Isso mesmo pra quem hoje carrega todo acervo de músicas num simples player, seja ipod ou genérico, tem de saber que nos anos 80 tudo era mais complicado e levar suas músicas pra todo lado tinha um preço que era andar com inúmeras fitas K7 na mochila. O walkman fez tanto sucesso que foi colocado no dicionário Oxford como sinônimo de tocador de música. O produto foi um dos responsáveis por tornar a Sony uma potência global no mercado de eletrônicos. Foram vendidas 30 mil unidades nos primeiros dois meses depois do lançamento –e 50 milhões em uma década. Atualmenta a sony está tentando reposicionar a marca no mercado através de celulares e players digitais no entanto ainda está a sombra do ipod que se tornou o ícone da música móvel mundial. Eu mesmo tinha o meu toca-fitas portátil e sinceramente era bem divertido antes de cada viagem passar um tempinho preparando a trilha sonora. Enfim tempos que não voltam, hoje basta espetar o mp3 no pc e pronto.

Anúncios

O Espaço a fronteira final – A crítica

23 maio, 2009

poster-star-trekO espaço, a fronteira final, estas são as viagens da nave estelar enterprise… Quem tem por volta de seus 30 anos, já ouviu muito esta abertura no seriado e nos filmes da franquia JORNADA NAS ESTRELAS. Antes de mais nada devo confessar que sou um fã de tudo que se refere a série. E de certa forma meu lado nerd teve como início as viagens de Capitão Kirk , Spock e sua audaciosa tripulação. Não por acaso no momento que se falou na possibilidade deste filme eu já passei a aguardar ansiosamente.

No mundo da ficção científica existem duas correntes básicas, a que gosta de Star Trek e a que gosta de Star Wars, para os não iniciados é a mesma coisa, mas saiba que isso não é verdade, é como confundir, Nelson Piquet com Airton Senna, ou seja, os dois são grandes, mas cada um da sua forma.

Star Trek é única pois ela tem mais de 40 anos de história e aventuras, desde a série clássica e seus filmes até as séries derivadas que expandiram o universo criado por Rodemberry. Não se preocupe você não precisa ver tudo que já foi feito pra poder entender o filme, sendo assim esta é a grande questão, pois fizeram de forma perfeita o que alguns chamam de reboot, mas colocando em bom português e chamo de recomeço. Para isso JJ Abrams se dedicou e avisou que muita coisa seria mudada, mas sem perder a essência de tudo que vimos até hoje. Eu vou dizer que tive medo pois isso era um trabalho muito complicado, mexer com uma cânone não é pra qualquer um, e ele provou que é possível.

Eu detesto remakes pois a maioria só fazem estragar aquilo que tanto admiramos, mas neste caso não, a coisa foi feita de tal forma que no meu ver agradou a gregos e troianos. No meu ver Jornada nas Estrelas precisava de um ar de modernidade, que as pessoas a vissem de outra forma e não como uma série de futuro utópico onde tudo é perfeito. E nisso a nova versão foi feliz, mostrou a formação do caráter dos principais personagens, o que os levou pra frota estelar de certa forma os humanizou. Um grande acerto do diretor que dessa forma manteve os velhos fãs como conquistou novos que nunca se interessaram.

Minha noiva é um exemplo disso ela era conhecimento nível 2 numa escala que vai até 10, ou seja, conhecia por alto, no entanto, mesmo assim curtiu o filme sem ter de ficar fazendo perguntas a cada instante. Então se você não viu nenhum dos filmes anteriores, não se preocupe, pois como disse antes, este é um recomeço, é a chance para novas gerações conhecerem o extraordinário universo treker.

O filme é uma montanha russa de emoções, pois vai desde cenas mais dramáticas onde consegue arrancar lágrimas de alguns, até um lado cômico que remete de forma acentuada à série original. A apresentação dos personagens clássicos se faz de uma forma bem natural, e sem que você ache que ele foi jogado lá de forma forçada. Aqui devo lembrar que o elenco foi escolhido de forma corretíssima, ponto positivo para Chris Pine e Zachary Quinto, pois o expectador sente uma naturalidade no elenco que impressiona. Eu olho pra cada um dos novos tripulantes e vejo a alma da tripulação clássica lá. Eles não são caricaturais, nem cópias do que já foi feito, eles são uma releitura honesta.

Jornada nas estrelas acerta em cheio onde George Lucas errou com Star Wars, pois essa “nova jornada” não deixa furos, você olha para o longa e fala nossa realmente isso faz sentido, não ficam pontas soltas para serem contadas em outros filmes, a sensação que se tem é de quero mais. No aspecto técnico o filme é soberbo, os efeitos especiais te deixam maravilhado, sem claro abusar dos recursos digitais, de forma que a gente embarca e se deixa levar naturalmente. A música é outro ponto alto, pois ela cumpre o seu papel perfeitamente, pontuando os momentos de ação aos de emoção. No meu ver JJ Abrams conseguiu dar um sopro de vitalidade à franquia, e quem sabe assim garantindo fãs por mais 40 anos de vida para os audaciosos tripulantes da Enterprise. Só por curiosidade minha nota é 10, já minha noiva deu nota 9,5. Sendo assim o filme cumpriu seu papel perfeitamente. Vida longa e próspera a vocês leitores.


Oscar de animação… (Up – Altas Aventuras)

8 março, 2009

Entra ano, sai ano e uma estatueta do oscar tem um vencedor frequente, estou falando da pixar, que apesar dos esforços das concorrentes, sempre vence na categoria de melhor filme de animação, e cá entre nós muitas vezes deveria concorrer como melhor filme, como foi o caso de Wall-e. Em 2009 a aposta da Pixar para aumentar sua estante de prêmios da academia se chama UP – ALTAS AVENTURAS. Eu pessoalmente, sei que vai ser um sucesso, e que vai ganhar milhões de dólares, para quem tem curiosidade aí vai um pequeno trailler. Abraço e vejo vcs no futuro.


Se eu fosse você 2

2 março, 2009

seeufosse2_1Não sou muito fã de sequencias, pra mim banalizaram muito, se um filme faz sucesso, tem de ter continuação, pra mim isso só é veradeiro se tiver um sentido, e não pra ser um caça níquel. O mais recente caso é SE EU FOSSE VOCÊ 2, a comédia estrelada por Tony Ramos e Glória pires está a menos de 10 mil pessoas de bater o recorde de bilheteria conquistado por 2 FILHOS DE FRANCISCO.  E como a comédia está em quase 300 salas não é dificil de imaginar que esse recorde será facilmente quebrado. O pior de tudo é que isso faz com que o terceiro filme da franquia saia,  provavelmente para 2011. Agora é esperar pra ver… ou não.


Por falar em lost

9 fevereiro, 2009

O avião da série Lost um dia voou de verdade?
Sim. Os destroços que aparecem na série são de um avião Lockheed Tristar L-1011, que voou entre 1972 e 1998 – foram 28 822 decolagens e mais de 58 mil horas de vôo! Os produtores da série compraram o avião por 200 mil dólares.


Wall-E é fodástico

5 julho, 2008

As vezes vemos teasers e traillers, lemos críticas e ficamos na expectativa por um filme e não são raras as vezes que caímos do cavalo. Com Wall-E ( Waste Allocation Load FiltersEarth Class) eu vi teasers e traillers, li críticas excelentes e tentei me conter pra não me decepcionar. Felizmente desta vez foi mais que justificada a expectativa, em uma palavra descrevo Wall-E como ESPETACULAR. Isso mesmo a Pixar nos proporciona um espetáculo no cinema pois tem comédia, romance, drama e muito mais. Na minha opinião o Oscar de melhor animação tem dono, quiçá de melhor filme, só lamento pra concorrência, mas esta é a verdade. Aliás a academia tem de rever pois entra ano e sai ano só dá Pixar. Se você é daqueles que acha que animação é coisa de criança, reveja seus conceitos e vá ver este clássico. Antes que me esqueça, chegue cedo e veja o ótimo curta-metragem Presto que passa antes da atração principal. Wall-E é nota 10 e tenho dito.

Faber


Os filmes da estação

9 maio, 2008

Mês de maio é sempre a mesma coisa, os blockbusters pipocam no cinema. Em virtude das férias de verão no hemisfério norte, os grandes estúdios aproveitam esta época do ano para lançarem as grandes produções. Nas próximas semanas é bom preparar o bolso, pois é um lançamento atrás do outro, por exemplo nos próximos 2 meses temos: Homem de Ferro, Batman, Indiana Jones, Hulk e Wall-e. Na real me sinto tentado a ver todos no cinema, pois filmes como estes não estréiam todos os dias. Vou ser sincero seria muito fácil baixar, no entanto, estas são películas que merecem som digital, tela gigante, uma companhia aconchegante e porque não um balde de pipoca. Agora que você já conhece as novidades, se prepare para assaltar o cofrinho de seu filho, escolher o filme que mais lhe agrada e ir ao cinema.

Faber