Dr. House: Elementar meu caro Wilson

House é a série que talvez cause mais estranheza para os não iniciados, pois quem vê pela primeira vez acha que é uma série médica qualquer. Acham que é um genérico de uma ER, ou uma série que quer pegar carona no sucesso de Greys Anatomy, por exemplo. Aliás não culpo quem houve falar de House e tenha esta visão. Ao contrário destas outras o protagonista Dr. Gregory House é na verdade alguém que guia completamente a série, ele é quase mitológico dentro de seu universo, é uma verdadeira referência tanto no ramo da infectologia quanto no que diz respeito ao sarcasmo, ao cinismo, a teimosia e a falta de paciência com sua equipe médica e principalmente com os pacientes, o que muitas vezes é fundamental na solução de casos, pois faz com que eles contem a verdade e faça com que seja descobera a real causa.

Em sua quinta temporada creio que a série esteja cada vez mais madura, fazendo com que o drama seja cruzado com a comédia de uma forma muito sutil e eficiente. Muitas vezes comparo House com o dono da bola, que faz e acontece, mas que não pode ser contrariado pois pode ir embora e deixar todo mundo na mão. No fim da quarta temporada tivemos a cisão mais sentida da série, pois após a morte de Amber “Bitch” que foi ajudar House com suas bebedeiras e acabou sofrendo um acidente, Wilson cansou e culpa House pelo que houve desta maneira resolveu chutar o pau da barraca e se ver livre do ambiente carregado do Princeton-Plainsboro Hospital.

Aí começa a quinta temporada onde House tem de reconquistar a amizade do amigo, e ao mesmo tempo resolver casos cada vez mais estranhos. Na tentativa de conseguir novamente a amizade de Wilson, House contratou um detetive para seguir os passos dele e assim ter o controle da situação. O detetive também investiga os demais personagens da série, incluindo  toda  equipe médica o que faz aumentar seu arsenal de sarcasmo na hora das discussões sobre possíveis doenças, que diga-se nunca é Lupus. Outro nó que promete ser desfeito é o relacionamento com Cuddy, a sua patroa, e amiga de House desde os tempos da faculdade, eles tem um  relacionameto  temperado com  ciúmes, segredos,  desrespeito por parte dele o que ocasiona sempre situações engraçadas, mas apesar de tudo existe sempre uma química muito grande quando se trata dela proteger o médico quando ele é processado ou ameaçado por alguém. Agora é esperar os próximos episódios do Sherlock Holmes das séries médicas.

Anúncios

One Response to Dr. House: Elementar meu caro Wilson

  1. Petter disse:

    É verdade né..Heroes se perdeu completamente essa temporada e acho que dessa vez nao tem volta, vai acabar sendo cancelado!

    Adorei seu blog, valeu pela visita, Beijão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: