Engodo americano: Sarah Palin

Conforme o dicionário Houaiss, engodo é:

1 isca usada para atrair animais, esp. aves ou peixes; ceva
2 qualquer artifício utilizado para atrair alguém; chamariz
3 falsa atitude de lisonja, de adulação
4 qualquer tipo de cilada, manobra ou ardil que vise enganar, ludibriar outrem, induzindo-o a erro

Impressionante como todas as acepções servem para definir a candidatura de Sarah Palin à chapa presidencial dos Republicanos.

No post abaixo, transcrevi na íntegra matéria do El Pais sobre Palin. Nesse post meus comentários a trechos da matéria.

Ex-rainha de beleza, ultraconservadora com cinco filhos, aspecto de bibliotecária, voz de passarinho, credenciais acadêmicas medíocres e governadora de um estado exótico como o Alasca, se autodefine como uma “hockey mom” – uma mãe dedicada, das que levam os filhos às competições esportivas.

Ex-rainha de beleza: a descrição de Sarah Palin na matéria, começa focando o que, para muitos, é a qualidade essencial de toda e qualquer mulher: a beleza, afinal mulher só serve se for bela e jovem (menos de 40 anos, quando, para estes, acaba o prazo de validade da mulher) e excepcionalmente, mesmo quando não é jovem, ainda tem serventia se for “bem cuidada, conservada”.

Quantas vezes você viu matérias na mídia enfocando a beleza de determinada celebridade APESAR da idade: Xuxa, bela aos 42, Luiza Brunet, linda aos 45, Suzana Vieira, de biquini, ostenta corpão aos 63, etc, e a lista é imensa, praticamente não há matérias com mulheres acima de 40 anos e que “ainda” que estão na vida pública, que não tenha esse enfoque.

Ultraconservadora com cinco filhos Ainda não sou mãe, mas não acho que o simples fato de ela ser mãe de 5 filhos, a credencie para representar todas as mães norte americanas e nem que ela seja um espelho para a mulher média. Na minha opinião, não há dúvida nenhuma, sua figura é um acinte sim a todas as conquistas que as mulheres conseguiram em décadas de luta, aliás necessário dizer que as conquistas do movimento feminista se estendem a todas as mulheres mesmo às machistas e conservadoras.

As mulheres conservadoras não costumam se identificar como feministas, movimento que muitas vezes desprezaram. Mas as defensoras da governadora não só não recusam o termo como tentam apropriar-se dele. Afirmam que ela encarna um novo feminismo, melhor. O das mulheres fortes e capazes de tudo, independentemente de suas crenças. A própria Palin é membro de uma associação contra o aborto chamada Feministas pela Vida. Para o movimento feminista herdeiro dos anos 1970, seja qual for sua ramificação, um feminismo antiaborto é simplesmente um paradoxo.

Sua autoproclamação como representante de todas as mulheres foi contestada furiosamente. Gloria Steinem, conhecida feminista seguidora de Clinton, publicou uma crítica feroz à candidata republicana no “Los Angeles Times” na qual afirmou que “a única coisa que Palin tem em comum com Hillary Clinton é um cromossomo”. “Feminismo não significa que uma mulher concreta encontre um trabalho”, prosseguiu. “É sobre tornar mais justa a vida das mulheres de todos os lugares. Palin se opõe a quase tudo o que Clinton defendia, enquanto Barack Obama ainda o defende.” E concluiu salientando que protestar pela derrota de Clinton votando em McCain e Palin “seria como dizer ‘alguém roubou meus sapatos, por isso vou amputar minhas pernas'”.

E não, não acho MESMO que é bom uma mulher no comando do país mais rico e influente do planeta, seja quais forem suas convicções. Concordo com a Gloria Steinem, para mim, seria a mesma coisa de o Celso Pitta (sabiadamente corrupto e péssimo administrador, cria do Maluf) candidatar-se à presidência do Brasil e o argumento para se votar nele seja: “O Brasil nunca teve um presidente negro, logo vamos votar em Celso Pitta”. Não sou racista mas não acho que válido votar em Obama só porque ele é negro, tem que se ver as propostas de cada um e se demonstram ter competência para governar.

Pensei numa coisa genial: se os americanos se acham mesmo donos do planeta, se afirmam que sua missão é levar o capitalismo e a democracia à todas as nações do mundo, deveríamos também ter o direito de votar em suas eleições presidenciais, quem sabe assim se evitaram fraudes como as coações que impedem os negros votarem, fraudes como a eleição de George W. Bush e a cara de pau da Sra. Palin em ser contra todos os direitos que o Feminismo conquistou e ainda assim se autodenominar feminista.

Antes que me interpretem mal, claro que é sarcasmo querer que o resto do mundo possa votar na eleição americana, porque assim como defendo a soberania brasileira ou iraquiana ou boliviana, não faria sentido querer se intrometer nas decisões internas do povo norte-americano, mas que dá vontade que isso aconteça, ah isso dá.

Felizmente, parece que o “furacão” Palin não dá mostras de querer decolar, veja nesse link do blog O biscoito fino e a massa : Mulheres preferem Obama (aliás que mania horrorosa de denominar mulheres fortes ou que se destacam por fenômenos da natureza, aff).

A usurpação de uma imagem feminista por Sarah Palin seria cômica – pelo ridículo da situação- se não fosse trágica – porque tem muito gente mal informada ou mal intencionada vendendo o engodo como verdade.

Lila

Anúncios

20 Responses to Engodo americano: Sarah Palin

  1. Lola disse:

    Ai, tô quase dormindo na frente do teclado, mas tem um artigo bem interessante sobre a Sarah aqui:
    http://www.newsweek.com/id/160080/page/1
    É, essa mulher se dizer feminista ao mesmo tempo que é contra o aborto em qualque circunstância é uma piada. E de mau gosto.
    http://www.escrevalolaescreva.blogspot.com

  2. Elaine disse:

    Lila…
    Devo admitir que ando totalmente por fora das eleições norte amercianas, mas do pouco que vi, minha preferencia ficaria com Obama, pelo carsima mesmo, afinal não conheço as credenciais de qualquer um dos candidatos, embora essa eleição afete diretamente nossa vida, como a de todo mundo no planeta…
    Essa mulher é maluca, e tem um bando de seguidoras doidas…
    Ela se apropriou de termos que não fazem parte de sua vida real e está usando isso pra captar o apoio de pessoas mal informadas. Feminismo de restranca? Talvez fosse um termo mais apropriado pra esse disparate todo.
    Quem disse que ter filhos te capacita pra algo? Na minha opinião oq faltou a ela foi um bom ginecologista que a informasse sobre o controle de natalidade, pq tanto filho assim?
    Nunca devemos usar da fraquesa das pessoas em proveito proprio, nem fazer disso uma bandeira nacionalista. Mulheres no poder? Sim, pq não, mas não pelo simples fato de serem mulheres…
    Embora eu ainda prefira nosso querido Terminator como presidente, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Lila disse:

    Hahaha, muito bom seu coment. Essa tal de Palin é inacreditável, uma pessoa que é contra o aborto mas faz caçadas, se ela é a favor da vida, porque caçar? Não entendo mesmo.
    É como eu disse no texto, tem certas coisas que acontecem nos EUA que parecem piada mesmo, e como não podemos fazer muita coisa, só nos resta analisar e encarar com crítica e, se possível, com bom humor esses absurdos.

  4. master69 disse:

    Elaine, prezada,
    Adolf Hitler, Benito Mussolini, Josef Stalin e Fidel Castro eram pessoas de imenso carisma. Sarah Palin, a próxima vice-presidente americana, representa as bases conservadoras dos Estados Unidos. O Obama seria a mudança…
    O que te leva a crer que Obama é mais capacitado que John McCain? O fato de ele ter um sorriso colgate? O charme negão dele? Sobre Barack Hussein Obama pesam algumas acusações que a mídia, como um bando de cheerleaders, faz questão de esconder (aqui transcrevo trechos de um artigo do Olavo de Carvalho):
    1. Ele foi admirador e companheiro de protestos do pastor Louis Farrakhan, aquele segundo o qual “o judaísmo é a religião do esgoto”. Isso faz tempo, mas depois de eleito senador ele deu 225 mil dólares em verbas federais à igreja de seu amigo Michael Pfleger, onde Farrakhan é um dos mais freqüentes e aplaudidos pregadores convidados.
    2. No Quênia, ele deu apoio eleitoral a um agitador que depois organizou a destruição de trezentos templos cristãos e o assassinato de mais de mil fiéis, cinqüenta deles queimados vivos numa igreja, sem que Obama viesse a dizer uma só palavra contra essa gentil criatura.
    3. Ele disse que o terrorista William Ayers (da quadrilha do “Homem do Tempo”) era apenas um seu vizinho com quem jamais conversava de política, mas depois se descobriu que ele e Ayers dirigiram juntos uma ONG que coletou 72 milhões de dólares para movimentos de esquerda, sendo um interessante exercício intelectual conjeturar como puderam fazer isso sem falar de política.
    4. Neste preciso momento ele responde na Pensilvânia a um processo de falsidade ideológica, por ter apresentado a seus eleitores uma certidão de nascimento obviamente forjada. A verdadeira, se existe, até hoje não apareceu, e o beautiful people da mídia não releva o menor interesse em conhecê-la.
    · Processo contra Obama: http://www.obamacrimes.com
    5. Embora ele diga que sempre foi cristão, todos os seus colegas e professores de escola primária, bem como seu meio-irmão e sua meia-irmã, afirmam que ele era muçulmano na época em que ali estudava.
    6. Por duas décadas ele freqüentou semanalmente uma igreja que alardeava a “teologia da libertação” mais escancaradamente comunista e anti-americana, e depois disse que não tinha a menor idéia do conteúdo do que ali se pregava.
    7. Não é só sobre suas origens ou sobre sua religião que Obama cultiva segredos. Também não é só sua certidão de nascimento autêntica que continua inacessível. Embora gabando-se de sua carreira em Harvard, ele se recusa a mostrar o histórico de seus estudos universitários. Os fofoqueiros maldosos dizem que ele tem vergonha de mostrar suas notas baixas (talvez ainda mais baixas que as de George W. Bush, Al Gore e John Kerry), mas agora se sabe que ele tem um motivo mais forte para encobrir os detalhes da sua passagem por Harvard: seus estudos ali foram pagos por Donald Warden, um americano que, islamizado sob o nome de Khalid Abdullah Tariq al-Mansour, veio a se tornar um dos mentores do grupo terrorista Panteras Negras, fund-raiser para a organização pró-terrorista African-American Association e autor de um livro segundo o qual o governo americano planeja matar todos os negros.
    8. Em cinco campanhas eleitorais, o mais ativo coletor de fundos para Obama foi o vigarista sírio Tony Rezko, condenado por dezesseis crimes. Uma vez no Senado, Obama retribuiu com dinheiro público a gentileza, convencendo vários prefeitos a investir um total de 14 milhões de dólares num projeto imobiliário do malandro.
    Tudo isso a grande mídia esconde. Por quê?
    E você prefere acreditar nas fofocas contra Sarah Palin? Por quê? Elas são mais convenientes?

  5. Lila disse:

    Nossa, que comentário abalizado. Olavo de Carvalho, você acredita mesmo no que ele diz? Daqui a pouco vai citar Mainard ou Míriam Leitão. Cadê as provas dos crimes de Obama? O que se diz no post de Sarah Palin é uma matéria do jornal El Pais com o perfil dela e coisas que ela realmente declarou, não são fofocas. Para mim, realmente tanto faz se ele é cristão ou muçulmano e é muito grave acusá-lo de conluio com terrorristas, nem todo muçulmano é terrorrista, sabia disso?
    Acho que o incomoda são os projetos dele: eleito em 1996 para o Senado Estadual de Illinois, propôs 233 leis sobre saúde pública (incluindo a tentativa de implantar um sistema universal, que foi rejeitado), 125 dedicando recursos para assistência social e 112 tratando de criminalidade, como programas de reintegração à sociedade, o alívio de penas para certos crimes e maior controle na venda de armas.
    Sou a favor de projetos para reduzir a criminalidade e a desigualdade social, você não?
    Obama também votou a favor de planos de educação sexual e distribuição de contraceptivos para adolescentes, quer um projeto agressivo para cortar a emissão de carbono e deseja retirar as forças americanas do Iraque para investir na luta contra a Al-Qaeda no Afeganistão e Paquistão.
    Vai me dizer que vc é contra a educação sexual? Que é a favor da guerra?
    Quais são os projetos da Palin? Abstinência sexual na adolescência? Viu-se que funcionou muito bem com sua filha de 17 anos que está grávida. Não fazer controle de natalidade? Nem todo mundo é rico e pode criar 5 filhos como ela.
    Mas para vocês direitistas que acreditam em quem adora acusar sem provas – a veja minúscula) e em Olavo de Carvalho – e que os comunistas ainda existem e comem criancinhas fica difícil entender qualquer projeto que lute contra a desigualdade.

  6. master69 disse:

    Desculpe-me, eu não sabia que estava falando com um cabo eleitoral do Obama… Recolho-me à minha insignificância…
    Mas, por que devo duvidar dos textos do Olavinho de Carvalho? E, apesar de não curtir o Diogo Mainardi, o que posso fazer se algumas coisas que ele fala se confirmam? Não é desqualificando a opinião alheia que se atinge a tal verdade. Se você procurar o texto do Olavo, no qual ele disseca o mito Obama, você vai ver que há uma série de links, nos quais é exposto um pouco sobre o que há por trás do Obama. E, prezada, em qual momento do meu texto eu falei que muçulmano é sinônimo de terrorista? Há terroristas que se dizem muçulmanos. Assim como há democratas que se dizem cristãos, mas…
    Você acha injustas as acusações que recaem sobre o Obama, mas não tem o mínimo pejo de citar a vida pessoal da candidata. Ora, se a filha adolescente dela engravidou, isso é porque Sarah Palin está inserida dentro de uma realidade, aliás muito comum nos States e no Brasil. Se fosse uma das filhas do Obama, ele, com certeza, apoiaria o aborto. Ele não é favorável a essa prática? Portanto, apesar de tudo, Sarah Palin vive o que prega…
    Mas, mudando um pouco o eixo da prosa, vejo que a sua postura é francamente democrata. E o meu modo de ver as coisas é mais republicano. Podemos discutir e não chegar a um acordo. Mas quem dera, nas eleições brasileiras, a discussão fosse nesses termos… O que se vê é a velha ladainha de promessas de sempre. E muita gente sem vergonha querendo se dar bem…
    Saudações!

  7. Lila disse:

    Cabo eleitoral do Obama? Não, não sou. Sou brasileira, moro no Brasil, adoro meu país e não tenho nenhuma pretensão de interferir na eleição americana a ponto de ajudar a elege-lo. Só que assim como você tem o direito de ser anti Obama, eu tenho o direito de ser pró Obama e anti Palin, porque realmente discordo de tudo que ela representa.
    E eu citei a gravidez da filha porque é um bandeira política dela, e está mais que comprovado que pregar a abstinência na adolescência não funciona, pesquisas também comprovam isso. Adolescentes têm libido, negar isso é anti natural, a educação sexual é o melhor caminho.
    Já quanto ao Olavo de Carvalho, obrigada, mas eu passo, para mim não tem credibilidade.

  8. master69 disse:

    Sobre a questão da abstinência – o caso de Uganda:
    http://sistemas.aids.gov.br/imprensa/Noticias.asp?NOTCod=58490
    http://www.sistemas.aids.gov.br/imprensa/Noticias.asp?NOTCod=58498
    http://www.gaparp.org.br/noticias/index.php?id=10498&page=3&cbusca=&pID=&a1=0&a2=2005&m1=8&m2=8&cf=

    E quais são as pesquisas que comprovam que a abstinência na adolescência não funciona? Vivemos na época da sexualidade. Tudo é sexo! Só se fala em sexo! As escolas falam de sexo. Há campanhas e mais campanhas informando sobre a necessidade do uso de camisinhas. Mas a realidade é essa que você vê: milhares de jovens grávidas! O problema em questão é de ordem moral também. Tem a ver com responsabilidade. Adolescentes têm libido? Ótimo. Mas isso não os autoriza a sair transando impunemente. Não somos animais, presos ao instinto…

  9. Elaine disse:

    Caro master69, acho que vc não leu a parte do meu post onde diz que não estou por dentro das eleições norte amercianas. Quanto a minha olpiniõ sobre a Palin, foi baseado num artigo e na opinião da dona deste blog, ao qual respeito imensamente, não vejo pq esse tipo de ofensa, até mesmo pessoal.
    Não sou nazista, nem esquerdista, apenas comentei que Obama tem carisma, e vc mesmo concorda que ele o tem. E, na minha opinião humilde e burra, segundo a sua opinião, acho que eles estarão muito melhor com Obama do que com o maluco, psicótico, insano Bush… vc citou Adolf Hitler, Benito Mussolini, Josef Stalin e Fidel Castro, mas esqueceu o querido Bush, que se enquadra totalmente nessa sua listinha.
    Abraços e um ótimo dia pra vc.

    E Lila, só pra fazer vc e o Fabricio ficarem com inveja… Hoje, novamente, faz frio e chuva em Sampa, rsrsrsrs… Beijos!

  10. master69 disse:

    Cara Elaine, burro sou eu por ter sido grosseiro. Não quis lhe ofender de maneira alguma. A palavra escrita não permite mostrar variações de tom. Talvez, se eu estivesse falando contigo, você percebesse que não tenho interesse algum em lhe magoar, até porque não te conheço… Aqui deixo os meus sinceros pedidos de desculpas!
    E aqui em Porto Velho o calor está de rachar!!! Talvez por isso os meus miolos estejam derretidos…
    Abraços!

  11. Elaine disse:

    Oi master69…
    Sem problemas…

  12. Lila disse:

    Master69, o caso da AIDS em muitos outros países da África, só comprova que abstinência não funciona, sabe por que? Porque a maioria das pessoas não consegue manter a abstinência. Muitas vezes nem quem é obrigado a se manter celibatário pela religião, consegue. A Uganda é caso isolado e duvido muito que o sucesso no combate à aids deva-se somente à campanhas de abstinência. Aliás você leu essa parte no link que me mandou: “Médicos e ativistas afirmam, no entanto, que a abstinência sexual é apenas uma parte de uma efetiva estratégia de combate à doença. Muitos especialistas dizem que encorajar o uso de camisinhas é a abordagem mais efetiva e citam a Tailândia como exemplo”.
    E você está distorcendo o que eu escrevi, não falei que pelo fato de ter libido os adolescentes devem sair por aí transando com todo mundo. Isso você é que está dizendo, não generalize, nem todo jovem com vida sexual é promíscuo. Muitas engravidam é do namorado mesmo, em relações monogâmicas. Por isso a educação sexual é importante, conhecer seu corpo e o corpo do parceiro, saber das doenças venéreas, saber se prevenir, agora se as pessoas vão usar camisinhas ou não, é responsabilidade de cada um. Se você pensa que quem defende a prevenção, defende a promiscuidade, vamos parar por aqui, porque devemos estar falando línguas diferentes.

  13. Lola disse:

    Apareceu um conservador de carteirinha, hein?
    Alguém que não só defende abstinência sexual como acredita que ela funciona. Incrível! E alguém que crê no que Olavo de Carvalho (Olavinho pros íntimos) diz. Aliás, nada do que ele diz é original. Todos esses dados anti-Obama vêm de livros escritos por republicanos. Eu recebo ofertas diárias pra ter esses livros de graça, através de uma organização ultra-conservadora (que eu me cadastrei pra acompanhar o que esses malucos pensam) chamada Human Events.
    Ótimas as suas respostas pro fã do Olavinho, Lila. Só um adendo: se alguém quiser ser promíscuo(a), problema dele(a). Desde que faça sexo com segurança, usando camisinha, ninguém tem nada com isso. Mas é péssimo tachar adolescentes que “transam impunemente” de animais. Animais somos todos nós.
    Educação sexual é questão de saúde pública, inclusive. Mas conservador gosta de achar que uma pessoa “de respeito” só vai transar quando casar. E só pra fins procriativos, de preferência.

  14. Lila disse:

    Então, o ser humano se esquece que também é animal, aliás é uma das únicas espécies que pode fazer sexo por prazer, ainda bem. Também acho que não há nenhum problema em ser promíscuo, até porque isso é bem relativo, e não tenho nada, absolutamente nada a ver com a sexualidade dos outros, se é hetero, gay, bi, monogâmico ou poligâmico, se usa acessórios ou roupa de couro. Só apóio o uso da camisinha porque doenças venéreas ou gravidez indesejada já passa a ser problema de saúde pública.

  15. master69 disse:

    Lola, eu nem mostrei minha carteirinha…
    Visite o meu humilde blog: http://vinhasdaira.wordpress.com
    Eu não sou conservador… Eu sou conversador!

  16. Lila disse:

    Pelo jeito você não é um conversador, é um contestador vazio, gosta de ser do contra. E abstinência que você prega só serve p/ africanos (Uganda), adolescentes e homossexuais (você diz em seu blog que a homossexualidade é antinatural), já que seu blog está cheio de imagens de mulheres peladas. As imagens não me incomodam, o que incomoda é o preconceito e a incoerência. Bem que sabia que alguém com nick Master69 não podia ser mesmo a favor da abstinência.
    Posso até ter cara de boazinha, mas não tenho paciência p/ hipocrisia. Se você quiser vir aqui com argumentos e coerência, será bem vindo. Mas se vier de novo com bullshit vou te mandar p/ a lista de spam. Se queria divulgar seu blog, já conseguiu.

  17. Lola disse:

    Não, Masters, vc é conservador. Por que não assume? Por que o pessoal de direita tem tanta vergonha de se assumir como tal? É impressionante um blog cheio de mulher pelada defender a abstinência. Vc defende a abstiência pros outros, né?
    E ainda cai naquela ladainha furada de que não é homofóbico, tem até amigos homossexuais, mesmo considerando homossexualidade algo errado e anormal.
    Dei uma olhada rasteira no seu texto “O esquerdista”, que parece uma mistura de Forum com Vamos Falar Mal da Esquerda. Segundo a sua ótica, só senhores de direita têm autoridade moral pra transar com prostitutas menores de idade. Legal! E só na ótica masculina as prostitutas ficam falando do tamanho do pênis de seus clientes…
    Tenha uma boa vida, e espero que vc continue convivendo numa boa com a sua hipocrisia.
    http://www.escrevalolaescreva.blogspot.com

  18. master69 disse:

    Snif, snif…

  19. master69 disse:

    Lola e Lila, obrigado pela visita! Obrigado mesmo…
    Vocês aumentaram em 80% a quantidade de visitas ao meu blog! Que felicidade!
    Lola, você leu todos os outros posts? Ou só me julgou por aquele cujo título é “O esquerdista”? Minha prezada, eu não costumo escrever sobre aquilo que não conheço. Se o que conheço é limitado, perdoe-me! Não tenho ainda o poder da telepatia para ler as mentes e delas extrair a verdade. O que escrevo é apenas parte de verdade. Uma visão mínima das coisas. Diga-me: o personagem Lenin é inverossímil? E as minhas pobres prostitutas? Leia com olhos menos engajados e você verá que há um tom de cinza sobre todas as coisas. O esquerdista é só um lado da questão. Conheci muitos como esse Lenin: belos discursos, mas atitudes deploráveis. Da mesma forma, conheço verdadeiros paladinos da moral e da decência que são uns animais na noite de minha cidade. Hipócritas. Hipócritas. Hipócritas.
    Você acha que sou um hipócrita. E eu sou mesmo. Todos somos um pouco, não é mesmo? É belo falar sobre o bem alheio do alto de nossos minaretes…
    Quanto à questão da abstinência, confesso não ser um abstinente. Não dá. Desculpa se feri a convicção de alguém se, grosso modo, mostrei um dado favorável à abstinência. Como já disse, não me considero conservador, mas um conversador. Você, Lila, afirma que eu tenho prazer em ser do contra. Não é isso. Simplesmente não sou favorável a qualquer coisa só porque parece bonito. Ou bom. Diz a sabedoria popular que nem tudo que reluz é ouro… Você fez as suas afirmações e eu trouxe dados para contestar. Aceitar ou não, é um problema seu.
    Outra coisa: o fato de meu blog ter imagens de mulheres nuas não significa necessariamente que eu tenha ojeriza aos homossexuais. Uma coisa não exclui a outra. Tenho uma linha de pensamento. Se é agradável ou não, são outros quinhentos. Há blogs que admiro e há blogs que deprecio. Mas, como dia aquela bela canção, cada um no seu quadrado.
    Mais outra: ninguém tem autoridade moral de transar com menores de idade. Nem de direita, nem de esquerda. E quanto a questão de as prostitutas falarem ou não a respeito do tamanho do pênis de seus clientes… você convive com prostitutas?
    Se não, como pode afirmar que isso é fruto de minha ótica machista?
    Conheço e convivo com algumas delas. O que escrevo, na maior parte das vezes, não é fruto de uma cartilha. Uma leitura menos raivosa vai lhes mostrar a minha verdadeira visão sobre essas meninas… Não me odeiem, por favor!

  20. master69 disse:

    A fala da Lola sobre o conto “O esquerdista” me fez repensar o seu título…
    Agora ele se chama “Um homem bem intencionado”… para evitar generalizações!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: